Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Ser um vencedor é vencer-se!

Por Gilvaldo Quinzeiro
Neste tempo onde por razões das circunstâncias, temos que “engolir cobras e lagartas” sob pena de não comermos nada no mundo da fama e dos holofotes, resolvi escrever a respeito de Alta Performance. Os escritos farão parte de uma série incluindo que, também será disponibilizado em vídeos a serem postados no meu canal do YouTube  - me acompanhe por lá também!
Pois bem, a Alta Performance é por assim dizer, o resultado dos passos do vencedor. Isto é, faz parte da sua caminhada; da sua experiência, e não algo que acontece por milagre ou da noite para o dia.
Portanto, não há como ter uma Alta Performance sem ser um vencedor. Uma coisa está ligada a outra assim como as chamas à vela.
Pois bem, ser um vencedor é antes de tudo vencer-se naquilo em que o mar afoga, e naquilo em que as tempestades arruínam.  Isto é, ser um vencedor é se colocar dentro de si mesmo para amparar-se daquilo que aos olhos dos outros é atirar-se ao precipício.
O dito aqui nos remete à extraordinár…

SEJAMOS CONSTRUTORES DE NÓS MESMOS!

Por Gilvaldo Quinzeiro
O texto abaixo me serviu de referencia numa palestra realizada no ultimo dia 15, no Encontro Pedagógico 2018, da rede estadual de ensino do Maranhão, a qual eu também pertenço na condição de professor. A referida palestra foi acompanhada musicalmente pelo violonista Paulo Santos.


As notas musicais estão para a música, assim como os números estão para a matemática. Pitágoras soube como ninguém compreender esta relação, e, por conseguinte, fazer desta relação um dos mais complexos e seguros “edifício filosófico”.
Em outras palavras, somente um homem dotado de uma escuta privilegiada, tal como fora a de Pitágoras, é capaz de realizar construções cujos alicerces sustentarão a humanidade inteira.
Pois bem, caros colegas, Pitágoras sabia quem ele era. Isso de certa forma facilitou o erguimento da sua obra!
Mas, quanto a nós o que afinal somos ou no que afinal nos transformamos? Há entre nós quem seja mais um de nós? Responder esta pergunta neste encontro oportuno, que é es…