Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Caxias e seus arquétipos, afinal, quem homenagear no seu bicentenário?

As janelas, substitutas dos espelhos?

O amanhã será como os olhos de quem?

As épocas e as vacas

A fome

Olhai para o céu quem ainda tem cabeça a perder

O tempo que temos é o que nos falta?

Que dia é hoje para os outros que virão?

Quando nos conhecemos, todos os espelhos são bonitos

Tá ligado?

As porteiras da infância

Os lugares, e os outros que somos

Grande, só Prometeu!

Pois é...

Orelhas em pé, umbigo nas mãos

Os ventos e os muros de palavras

Em que bocas nos transformamos?

Rabos, bananas e macacos: na política abundam