Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

E quando a vida é o ‘boi’ que nos escapa?

Um breve discurso sobre a ‘tentação’ do esquecimento!

Puta seria o sapo se não controlasse sua ansiedade pelo mosquito!

Na terra do Outro, todo peixe é frito!

A ordenha das coisas!

O quadro antropológico da corrupção: que pintura!

O papel (higiênico) da civilização e o tempo futuro!

O café, e o cheiro das outras coisas boas da vida!

O gozo e o 'diabo' do homem

‘O gado humano’ em marcha. E a crise que arria todas as porteiras!

O neorrealismo e o talho da navalha!

A crise brasileira e a demanda por Judas

O ovo da nossa reflexão

Hórus e Lampião: para que ‘diabo’ tantos olhos?

Por falar em utopia, qual a distância do homem para o sapo?

Alô seus dinossauros!

O sujeito e o penico

Meus amores eis o “X” da questão: hoje estou sem celular!

Tudo muda, exceto os velhos motivos das guerras!

O espelho: eu hein?

O andar sobre as águas...

O 'bicho' do nosso medo