Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

As coisas para as quais faltam “pílulas”

Esta é minha!

A existência que nos afoga

As marchas e seus soldados

Uma reflexão sobre o “progresso” de Caxias

A língua que nos faz ver a educação que nos cega

Sexo do poder

Uma légua para uma reflexão

Um bom dia para se pensar um começo.

Um bom fim do mundo!

Tardio, mas, não sem parricídio?

O tempo e os panos

Cartas aos que moram no buraco fundo

Os bichos e seus seios

A realidade que cai, a outra é que nos assombra

Os cães de hoje, sozinhos!

Uma canção a vida

Não é gravidez que nos incomoda, mas, a falta de parteiras...

Parábola do peixe que nos farta

O bico dos socós

Haja fígado para o bulling que nos sustenta

Mãe, feliz todos os dias!

O Cisne Negro: uma reflexão sem penas!

A civilização de pregos

Os finos nós da educação

O som X a luz, na política que nos escurece

O mar hoje está pra peixe?

Que mundo fica sem Bin Laden: outros tantos já não nasceram?

O que nos é familiar?

Um paneiro X paracá: é cofo

Mãos ou cérebro? Eis a questão!