Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

O tempo e as coisas com sua bunda de fora

O ser do ser, do ser que nos escapa?

Os caminhos, e seus peregrinos

Da pintura de fazer política, ao nosso quadro de espantalho: uma reflexão sobre o tempo em que somos a boiada

O belo

Pensar é fogo, o contrário é cinza!

De Colombo, a nossa educação.

O sujeito e a sua condição de “peixe frito”

A civilização e seus “bichos”, e nós seus cavalos!

Sinceramente, as mãos são minhas palavras!

Psiu!

Feliz Dia dos Pais!

189 anos de Gonçalves Dias

Lembre-me de que não falei de coisa alguma, especialmente as que não deveriam ter esquecidas

No então da vida, seus “poréns”...

Estas coisas na política que nos engasgam...