Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

A política, as máscaras e as indiferenças: que cidade emergirá das urnas eleitorais?

As pérolas dos estercos

E agora: com reforma do ensino quem vai ‘ensinar as horas no sertão’?

Erosões sentimentais e relacionamentos afrouxados: que diabo é isso?

O tempo e a fenda

O gozo, as sombras e outras coisas que tais...

Domingos Montagner, o Velho Chico, e um recado!

A Feiura, não a de Sócrates, mas a da nossa ignorância

Tudo é ninho

O estranho mundo do homem com ‘seu rabo’ entre as pernas!

A crise abate os homens e afugenta os bichos.

A caverna, os paradoxos e o mundo das ideias.

O imagético e o momentâneo, as duas faces fincadas do nosso tempo.

A morte e seus ‘entretantos’...

A criança é o ‘barro’ dos nossos edifícios

Bebemos da mesma água, que nos faz ‘bichos’?

Que coisa: nós!

Sorrindo, eu?