Eu quem, meu cavalo?


Por Gilvaldo Quinzeiro


Somos todos ‘cavalos’ das nossas buscas. Entretanto, se entendêssemos que somos também o ‘colo’ de que tanto precisamos, usaríamos mais do tempo dispensado apenas em nossa pressa, em prol de ‘conhecer e amansar’ o nosso cavalo!

Ora, o problema daqueles que buscam o bem, e faz desta busca todos os seus passos, é ignorar o mal, que também faz dos seus ‘cavalos’ os mesmos passos.


Viver é estar permanentemente aprendendo do que lado,  enfim, fica a cabeça do cavalo, pois, pode ser que a nossa esteja em sentido contrário.  Esta é, portanto, uma lição diária!

Comentários

Postagens mais visitadas