Os mares e os males de não prestar atenção na vida...


Gilvaldo Quinzeiro



Cada momento em nossa vida, conquanto seja este o último, cabe o mar inteiro para se atravessar. Isto é, nos abandonar por um instante que seja; deixar de prestar atenção nas coisas que vão e voltam como ondas, poderá nos custar toda uma vida na condição naufrago.



Então que o mar seja o mar, enquanto nós ao menos nos mantemos vivos para continuar acreditando que, nadando cheguemos à praia, pois, mais longo poderá ser a distância entre o que os nossos olhos veem e as coisas em que nossos pensamentos se agarram!



Portanto, viva bem o dia inteiro para atravessar a noite escura, ainda que se sentindo aos pedaços, pois, amanhã será uma nova onda que já esta se fazendo agora no exato momento em que você deixou de prestar atenção!...













Comentários

Postagens mais visitadas