Um pedido pelo (Ja) pão de cada dia

Gilvaldo Quinzeiro


O núcleo da crise do Japão é nuclear, logo isso se constitui num tsunami planetário? Ora, acender fogo “em “monturo” perto de casa” exige no mínimo ter que se passar a noite inteira acordado!

Em outras palavras, como explicar a autorização da Agência Internacional de Energia Atômica que o Japão, um pais cujas condições geológicas são propicias a ocorrências de terremotos tenha construído cerca de 50 usinas atômicas?

Neste momento, o Japão nos pede tudo, de todos os pedidos, porém, o mais urgente é: que se aprenda com as catástrofes!

A bomba agora vem dos amigos e em tempo de “paz”. As próximas virão de quem?

Comentários

Postagens mais visitadas