A coisa no lugar das outras


Gilvaldo Quinzeiro



O homem ainda bem que é feito de barro, matéria com qual se prepara sua  massa utilizando-se  apenas  as mãos e  os pés...

Agora, imagine “a coisa” sendo o cimento da construção do homem -, o homem simplesmente se tornaria “a coisa de todas as coisas”?

E assim sendo, a única coisa que para nós ocuparia a dimensão do  abstrato, seria exatamente o barro, posto que, seria este o que mais nos assombraria!...

Seria este o ápice da perfeição dos gregos antigos?

Comentários

Postagens mais visitadas