A ditadura dos olhos



Por Gilvaldo Quinzeiro





Como um anúncio de cerveja, a realidade é engolida com os olhos. Hoje só  temos olhos e água na boca! 

As “marcas” e os rótulos, nos dispensa a cabeça! Porém, vivemos um paradoxo, qual seja, se por um lado, somos feitos de “bocas abertas”; por outro lado, aos olhos famintos,  toda barriga grande é rechaçada com cusparada!

Nojento!

A realidade nos apresenta como um “mar de olhos”. Porém, na ponta do anzol, a isca fisgada é a mesma que nos deixou cegos. 

Em resumo, na hora em que mais precisamos enxergar o peixe, pedimos emprestado o olho do outro para pescar as espinhas!

Cof, cof!

Por fim, na ditadura dos olhos, morremos todos como peixe!




  

Comentários

Postagens mais visitadas