Sorrindo, eu?


Por Gilvaldo Quinzeiro


Diz o anúncio com um rosto estampado: “sorria você está sendo filmado”!

Ora amigo, o rasgo não é o da boca – é o do imenso vazio!

O que é afinal a   tão desejada felicidade numa época onde, antes de facilmente se sorrir, ‘edita-se o sorriso’ tardiamente como se sorriso fosse?


Por fim, vivemos hoje como se ‘vassouras’ fôssemos, ou seja, espraiado sim, mas, em um canto sempre vazio!

Comentários

Postagens mais visitadas