Um prato de fé

Gilvaldo Quinzeiro


O estômago da fé de quem não suporta a do outro é fundo de ulcera. Acreditar que a fé do outro é o alimento que intoxica o mundo, é fazer da sua, o alivio para as cólicas intestinais daqueles que já estão de cócoras!... Ora, isso é baixo demais para quem contempla as alturas!...

Afinal em que boca se meteu o pastor norte-americano que numa atitude faminta queimou o Alcorão? Eis o estômago cuja boca será farta de sangue e anoréxica de pratos!

Comentários

Postagens mais visitadas