Qual a graça, primos?

Gilvaldo Quinzeiro



De pé ou de quatro a existência humana é apenas um escorrego, porém, “enfeitar” a queda faz toda a diferença.

Eis aqui a arte fazendo o sentido da vida? Melhor pensar que sim, do contrário, o que teria a vida, senão, o que com a arte a acrescentamos?

A arte de levantar nos diferencia da dos outros primatas apenas num ponto: o ato de passar a mão na bunda, para, assim, cegar os olhos do outro!

Afinal, de qualquer jeito somos todos “macacados”, do contrário, qual seria a graça?

Comentários

Postagens mais visitadas