A mão que afoga as crianças...

Gilvaldo Quinzeiro



Pelo lado da janela que a violência invade, há um poço no lugar dos jardins dentro do qual as crianças se veem no fundo. A infância não tem mais lugar, senão o mesmo dos “brinquedos assassinos”.

Explicar isso na “televisão”, sem falar qual o lugar desta e de todas as mídias nas imagens que as crianças se veem, é não jogar a corda em socorro dos que estão de fato se afogando!...

Na sala quem fala sozinho, faz silêncio em toda a família!..

Psiu!...

Comentários

Postagens mais visitadas