Renascendo

Gilvaldo Quinzeiro



Naquilo que sou “engolido” todos os dias, a minha boca há de não ser faminta, mas que se mantenha fechada, porém, que meus olhos e ouvidos sempre permaneçam abertos!...


A vida, se há em tudo, há de também estar naquilo que invento para ao menos me manter com os pés no chão na terra que me sacode!

Levante-se!

Comentários

Postagens mais visitadas