Um mosquito que enche os bolsos

Gilvaldo Quinzeiro





A saúde dos “mosquitos” vai bem! A do povo voa para as filas dos hospitais abarrotados de gente infectada por “viroses”, enquanto os médicos sem terem o que fazer, viram a cara de lado. As explicações são as mesmas tão antigas quanto à da dengue: falta de recursos e fartura de lixo acumulado!


O que nos enfarta é saber que logo mais nas campanhas eleitorais, que já se antecipam, a falta de dinheiro não será nenhuma desculpa. Mas, certamente a culpa é do eleitor que elegerá ás custas de muita grana, aqueles que tratam a saúde, a educação e a segurança apenas como “bunda”!...



Ora, não é a bunda que sofre na hora de ser picada por agulhas cujas injeções não surtem nenhum efeito? Eis o que abunda na nossa política: uma infestação de maus políticos tão vampirescos, quanto os mosquitos da dengue que além de sugar nosso sangue nos injetam doenças!...



Caxias, de todos os mosquitos, faz da dengue que todos anos capta recursos para seu combate, um dengo nas mãos dos que dormem farto em outras cidades! Em outras palavras, fartura de voto, é incompatível com o que nos evitaria ter nossas bundas expostas nas mãos de enfermeiras que se pudessem, nos aplicariam os dentes!...

Comentários

Postagens mais visitadas