Para o bom pescador, o que significa os olhos do gato?

Gilvaldo Quinzeiro



A realidade quando “fisgada” por nós, ainda que do tamanho de um peixe, não nos servirá como prato, pois, mesmo quando posta à mesa, a que deixamos escapar é que nos almoça, não como cardápio principal, mas apenas na condição de isca.


Ora, para de fato se ter “um olho no peixe, e o outro no gato”, os que nos arrancam enquanto ainda pescamos, deveriam continuar vendo. Mas, se a realidade, assim fosse, então o que se aprenderia com os do gato?

Comentários

Postagens mais visitadas