Então quem é outro sem os meus espinhos?


Gilvaldo Quinzeiro



O Outro que faço de mim pelo que de mim também há no Outro é o caminho sem volta pelo qual nos tornamos os espinhos – os espinhos que, conforme “os olhos” podem ficar cegos sem eles!..

Quão de mim é cegueira! Quão do Outro são meus próprios olhos?








Comentários

Postagens mais visitadas