A lamparina e amor: uma equação de fogo!

Gilvaldo Quinzeiro



A lamparina e o amor, conquanto, a primeira vista, não tem nada haver, podem sim, ter semelhanças entre si. A lamparina, ainda que cheia de combustível, que lhe poderia provocar uma explosão, é salva por um pavio. O amor, é da natureza que também faz brotar o ódio, o discernimento porém, o faz evitar as catástrofes que poderia também matar!...


A lamparina quando ilumina, ainda assim é escuro: quem procura uma agulha, cabeça bate! O amor é escuro quando clareia: quem o encontrar sofre por não ter clareza de que é realmente amado!


Contudo, sem lamparina e sem o amor, toda casa arria!...

Comentários

Postagens mais visitadas