Uma mãe louca

Gilvaldo Quinzeiro



A loucura é a mãe daquilo que não soubemos devidamente deixar criar em nós, mas, ainda assim, algo se desabrochou, não sem aviso, mas com a força de quem nasceria sem precisar de parto e batismo!


Como capim que nasce nas entranhas de um poço, a loucura não é tão funda que não se possa colocar a mão. Fundo mesmo é se deixar cair prescindindo da daquilo que, como capim, poderia nos aliviar a queda!...

Comentários

Postagens mais visitadas