Ser estrada sempre

Gilvaldo Quinzeiro



Florir na dor que nos seca. Ser ponte na falta de travessias. Ser também o outro a nos sorrir, quando tudo em nossa volta é solidão!


E, quando só nos restar apenas a nossa própria sombra no sol a pino, saber fazer desta o nosso brilho é aproveitar bem a luz ao nosso dispor!..


Enfim, quando a estrada desaparecer na imensidão, nada mais a fazer, senão se sentar ao chão, enquanto nos emprestamos novos olhos!

Comentários

Postagens mais visitadas