Como o Brasil amanheceu hoje?




Por Gilvaldo Quinzeiro


Depois de mais  uma noite de intensas manifestações, onde as ações de uma minoria, a saber, a violência, a depredação e os saques que  vêm se sobrepondo ao controle da grande maioria, algumas perguntas ao menos têm que ser feitas: quem é esta minoria? O que querem? O que dizem com tais atos?  Por que  não é possível rechaça-los assim  como  se tem feito tão bem com  a não partidarização do movimento? Até quando é “democraticamente” suportável os atos reiterados de uma minoria que, ainda assim, coloca em risco toda uma marcha rumo as mudanças do pais?

Eis o desafio   dos organizadores das manifestações que tomam conta do Brasil!

Em outras palavras, o Brasil que acordou  é também  o Brasil que arrasta consigo seus pesadelos.

Portanto, é urgente uma releitura dos acontecimentos. Do contrario, o seu descontrole poderá significar de novo, um amanhecer  tão “velho”.

Então, é preciso se assegurar direito, o que por Direito também  se pode tão rapidamente se perder!!






Comentários

Postagens mais visitadas