Fino o tempo que dura até amanhã?

Gilvaldo Quinzeiro



Que tempo ainda nos resta para sermos melhor? A humanidade não perdeu tempo demais apenas para ter poder? No que este tempo desperdiçado nos tornou? Todas as respostas agora estão por um fio: o nosso tempo acabou?

Com o tempo, “o tampo” de quem se quebrou no desespero de não mais a este tempo pertencer – ilusão de quem pensa que  só com a velocidade se é vencedor! Afinal, quem, não obstante a pressa,  não está parado naquilo que ao tempo desperdiça?

Todo tempo é passagem: aos que ficam ganham o quê em relação aos que vão? Melhor seria se ao tempo todo, qualquer que seja nos dedicássemos a semeadura – ai sim, estaríamos “fincando” para o amanhã, não a cabeça, mas os pés no chão.

Aliás, por falar em cabeça, do que esta nos serve agora, senão pra chocalho?

Com o tempo as apostas, pois as profecias já nos são  as respostas?

Comentários

Postagens mais visitadas