‘O gado humano’ em marcha. E a crise que arria todas as porteiras!


Por Gilvaldo Quinzeiro


Diante da crise global, que agrava as condições políticas, sociais e econômicas locais, assistimos uma ‘avalanche’ da massa humana em deslocamento pelo mundo!

A marcha em curso derruba todas as ‘porteiras’. O ‘gado humano’ se espraia para mais tarde se confinar numa só moita de capim. Nestas condições, estreita-se os cochos e alargam-se as bocas – o mundo se tornará mais turbulento e perigoso!  

As imagens de tal deslocamento, na maioria dos casos feito a pé, como por exemplo, os milhares de sírios em direção a Europa, nos lembram Abraão à frente do seu povo – rumo à Terra Prometida!

Assim como no passado, as poucas ‘terras prometidas’ hoje também são disputadas por todos os ‘povos santos’.

Quem que estando com fome não quer ir para onde as pedras jorram leite e mel?

Assim sendo, engana-se quem pensar que este fenômeno se restrinja ao velho continente.  Insatisfeitos com a crise econômica e política, milhares de brasileiros estão deixando o Brasil, “e para sempre”! – como muitos dizem. O Canadá tem sido à “nova terra prometida” para a maioria desses brasileiros.

A emblemática crise brasileira aporta no mesmo ‘curso das águas’, que torna o mundo num mar revolto. Ocorre que para suas travessias ainda não apareceu um Moisés – até lá seremos as dores de parto desse mundo que nunca pari!

Em outras palavras, o mundo está literalmente grávido doutro mundo, mas até este conseguir dá à luz – seremos nós o sufocado berro da cria!

Na dúvida, enquanto isso não chega, as selfies serão o nosso chocalhar!

Por fim, o fluxo de pessoas em deslocamento mudará a face do mundo em pouco tempo.  ‘O cantar do galo’, anunciará diferentes madrugadas!


Comentários

Postagens mais visitadas